Domingo, 11 de Outubro de 2009

Selecção de volta

Em primeiro lugar obrigada Dinamarca por ganhar, obrigada Suécia por perder e obrigada Hungria por não nos complicar demasiado a vida. Obrigada a todos por nos deixarem depender unicamente de nós próprios!

Foi um respirar bem fundo de alívio, um tirar um peso enorme das costas aquele que se sentiu quando o árbitro deu o apito final no jogo de ontem. Portugal acabava de derrotar a Hungria por  uns enganadoramente expressivos 3-0. Enganadoramente, porque ainda tivemos que sofrer um bocadinho apesar do primeiro golo ter surgido aos 17 minutos.

Mas foi uma selecção diferente daquela a que nos habituámos ultimamente. Desta vez foi possível ver alguma vontade de ganhar, de ficar com a bola, de correr e marcar. Apesar da lesão de Ronaldo, o número 7 foi ainda capaz de fazer uma bela assistência para o primeiro golo. Simão Sabrosa esse parecia que tinha inspirado toda a mística de novo e fez um jogão, marcou dois golos e deu espectáculo. Pedro Mendes excelente. Deco..not so much, não esteve nos seus melhores dias.

Enfim, conseguimos ganhar e aproveitar o presente da Dinamarca. Agora é fazer pela vidinha, golear a Malta, torcer para ser cabeça de série no Play-off e conseguir passar à fase final do Mundial de 2010. Afinal ainda é possível. E ainda bem!

 

publicado por Raki às 15:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 10 de Outubro de 2009

2010?

Hoje é um dia de grandes decisões para a selecção portuguesa. Eu já perdi todas as esperanças. Bem, talvez ainda tenha uma réstia dado que estou a pensar ver o jogo. Porém, não é nada interessante quando entramos em campo cientes de que dependems de outros resultados para conseguir atingir os objectivos. Portugal não teve a capacidade de assegurar a sua presença no Mundial 2010 até agora, não soube gerir o grupo, a meu ver, bastante acessível e está neste momento, como já vimos tantas e tantas vezes, dependente de uma matemática que não parece estar muito a favor das cores lusas. Por enquanto Suécia e Dinamarca estão empatadas, menos mal. Mas eu continuo sem acreditar e espero estar enganada. No fundo não merecemos estar no mundial, não depois de ceder frente a selecções "teoricamente" menos fortes.

Temo que a época de delírio com a selecção tenha passado, que se tenha manifestado durante o inesquecível Europeu de 2004 e que tão cedo não nos presenteie com momentos tão deliciosos como aqueles.

Espero que este momento menos bom não faça com que mais brasileiros peçam a nacionalidade portuguesa com a esperança de preencher a lacuna de não serem chamados à selecção do seu país. Não tenho nada contra os brasileiros, mas para mim é cada macaco no seu galho e uma selecção é feita de pessoas que partilham uma nacionalidade, mas não só, são pessoas que partilham uma cultura, uma história e que sabem e sentem as palavras d'A Portuguesa. Não é que joguem com menos vontade, porque decerto quererão mostrar-se ao mundo, porém isto é uma selecção e não um clube!

Vamos ver o que nos reserva este jogo com a Hungria e depois falamos!

 

publicado por Raki às 19:36
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

"Trio Márávilha"

O termo "Selecção Nacional" começa a estar desactualizado, mais cedo ou mais tarde teremos que reflectir de que nacionalidade é  de facto a selecção...senão vejamos: no jogo decisivo com a Dinamarca foi o peso pluma Liedson que marcou de cabeça evitando o desastre da derrota. No ainda mais decisivo jogo com a Hungria foi, desta feita, a cabeça de Pepe, depois do livre telecomandado de Deco, a meter a bola na baliza e a garantir-nos a vitória. Um 'triângulo nacional' que não sendo das Bermudas pode ser, ainda assim, algo confuso. Espero que 3 seja mesmo a conta que Deus fez, senão não sei bem onde isto irá parar.

publicado por Raki às 15:19
link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Junho de 2009

As Quinas do Desespero!

Chega a ser penoso ver um jogo da Selecção actualmente. E é triste que assim seja. Ontem foi mais um caso desses. Não se vê uma equipa, vêem-se 11 jogadores no campo, uns a correr, outros a passear por ali como se não soubessem bem o que estão lá a fazer. E se calhar não sabem!

Lá ganhámos. E apesar da vitória ser o único objectivo prático de um jogo de futebol, para mim não chega. Ponho-me a pensar, caso nos apuremos para o mundial, como serão os jogos com as grandes potências se com uma Albaniazinha fraquita nos encolhemos tanto e adoptamos um discurso de 'quase' receio porque, aparentemente, eles até 'evoluiram muito o seu futebol nos últimos anos'. Enfim. Quando finalmente marcam um golo, sofrem logo um nos 2 minutos a seguir. E quando já nem as linhas de passe conseguem concretizar, vamos lá ao chuveirinho para a área a ver se sai a lotaria. Por acaso saiu. Teve que ser um defesa a marcar um golito depois dos 90'. Culpas para o guarda-redes albanês.

São mais três pontinhos, ganhos com muito (?) suor e esforço (?), mas ainda estamos em 3º apesar das probabilidades serem agora melhores. Vamos esperar por Setembro e ver se até lá se conseguem afirmar como equipa e fazer a única coisa que lhes compete: ganhar os jogos que faltam. Se o fizerem ninguém nos tira o bilhete de ida para a África do Sul.

publicado por Raki às 17:37
link do post | comentar | favorito

.Mais sobre Mim

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 

.posts recentes

. Selecção de volta

. 2010?

. "Trio Márávilha"

. As Quinas do Desespero!

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.links

.tags

. todas as tags

RSS