Domingo, 26 de Julho de 2009

Tour chegou a Paris

Cavendish mostrou mais uma vez a sua força no sprint. Deixou para trás toda a concorrência e assegurou, com grande avanço, a vitória da última etapa da edição de 2009 do Tour de France. Não conseguiu roubar a camisola verde a Thor Hushovd, mas marcou a sua posição com 6 vitórias em etapas.

 

Confirmação para Alberto Contador como vencedor indiscutível desta prova. Andy Schleck em segundo e Armstrong a garantir o lugar no pódio, num extraordinário terceiro lugar.

 

O português Sérgio Paulinho mostrou, também, todo o seu valor ajudando a equipa Astana a alcançar os objectivos, sem descurar a sua própria classificação individual, acabando em 35º.

 

As camisolas estavam já entregues e os seus líderes não foram alterados hoje.

Camisola Verde (Pontos): Thor Hushovd

Camisola Montanha: Franco Pelizzotti

Camisola Branca (Juventude): Andy Schleck

 

O Super Combativo: Franco Pelizzotti

Equipas: Astana

 

Por este ano é tudo, agora grande expectativa em relação ao futuro de Armstrong e ao destino de Contador. Para o ano, esperamos os nomes que podem surgir ou regressar e voltar a fazer história nos Champs Elysée. 

publicado por Raki às 16:41
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

A Sombra do Doping

Depois dos últimos escândalos sobre doping no ciclismo há-de sempre pairar a dúvida. Por cada corredor com capacidades excepcionais, irá sempre aparecer uma suspeita de doping. É triste, mas é a realidade.

Já não se pode ser apenas bom, nem parecer bom, é preciso provar, seja lá qual for a forma que encontrem para o fazer.

Eu continuo, apesar de tudo, a acreditar na integridade dos atletas até que provem o contrário. E também não me parece de todo legítimo que alguém suspenso por doping venha lançar suspeitas...só porque sim.

publicado por Raki às 18:26
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

Contador a um passo da Vitória

Emoldurados pela bela paisagem de Annecy, considerada a "Veneza dos Alpes", os corredores do Tour mostraram hoje o seu valor individual. 

Num contra-relógio com uma subida de 4 kilómetros, Contador demonstrou o seu poderio e venceu a etapa com 48 minutos e 30 segundos, batendo Cancellara que foi segundo com mais 3 segundos. No que diz respeito aos rivais directos, Contador já quase garantiu a Amarela: Andy Schleck está agora em 2º a 4 minutos e 11 segundos e o irmão Frank caiu para 6º na Geral a 5'59''.

Armstrong, apesar da dificuldades sentidas durante o contra-relógio, conseguiu subir para o terceiro lugar a 5'25'' de Contador e afirmou já que o segundo lugar continua a ser o seu objectivo.

A etapa de amanhã liga Bourgoin-Jallieu a Aubenas em 178 Km. Porém a etapa mais assustadora é a penúltima, no Sábado, com a subida do Mont Ventoux.

 

publicado por Raki às 17:38
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Não é só o Eiró

Os ciclistas do Tour viram-se hoje numa situação caricata quando foram disparados tiros de uma pistola de pressão de ar contra alguns corredores. Os atingidos: o espanhol Óscar Freire (Rabobank) e o neozelandês Julian Dean (Garmin-Slipstream). O Neozelandês ficou com uma lesão no dedo como recordação, a Óscar Freire foi retirado um chumbo.

 

O incidente já está a ser investigado, quanto a mim gostava bastante de perceber o motivo de tal brincadeira...se é que há algum motivo.


publicado por Raki às 21:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

Há sempre uma razão

E a razão pela qual eu acompanho hoje o Tour de France é esta...

 

É este tipo de emoção (e este Armstrong) que está a faltar na edição deste ano e que, infelizmente, tem faltado nos últimos tempos. Pelo menos temos a memória e os vídeos!

publicado por Raki às 18:44
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

E ao 7º dia...a amarela deixa Cancellara.

Hoje troquei o Tour pela Barra, mas posso adiantar que a camisola amarela mudou de dono. Desta feita, amanhã quem seguirá na frente da qualificação é o italiano Rinaldo Nocentini da AG2R-La Mondiale, deixando para trás o 32º lugar que ocupava no início desta 7ª etapa. Acabou assim o empate no primeiro lugar, agora temos Cancellara na segunda posição a 6 segundos do italiano e Armstrong em 3º a 8 segundos.

 

Quanto à etapa, foi ganha pelo francês Brice Feillu, da Agritubel, que levou a bom porto uma fuga que lhe garantiu vantagem de 5 segundos sobre o segundo a cortar a meta.

 

Os portugueses...Sérgio Paulinho já se prepara para as etapas difíceis que se aproximam e resguardou-se, sacrificando a sua posição individual. Está agora em 67º. Rui Costa caiu uma posição e está em 118º a oito minutos e vinte e três segundos do camisola amarela.

 

Agora com as grandes escaladas a piscar o olho aos ciclistas, a 8ª etapa conta já com 3 contagens de montanha. Uma etapa que liga Andorra-a-Velha a Saint-Girons num total de 176,5 km.

sinto-me:
publicado por Raki às 21:17
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Julho de 2009

E o Tour chega a Espanha

A chuva de Verão não ajudou nada a tarefa dos corredores do Tour. Na etapa de hoje, de 181,5 Km, que ligou Girona a Barcelona, muitas foram as quedas e mais os minutos perdidos na classificação individual.

A chegada à meta na capital catalã foi feita ao sprint, discutido directamente entre Thor Hushovd (NOR) e Oscar Freire Gomez (ESP). O Norueguês da Cervelo Test Team levou a melhor e garantiu a vitória na etapa, com um tempo de 4:21:33 horas. Hushovd fez assim justiça ao título de melhor sprinter do Tour em 2005, então sem ganhar uma única etapa.

O  britânico da Garmin, David Millar, foi também uma das figuras do dia protagonizando uma fuga que durou vários quilómetros e que só foi absorvida já perto da meta. Um esforço que, não lhe valendo a vitória na etapa, lhe valeu o prémio de ciclista mais combativo do dia.

A chuva que não deu tréguas provocou muitas quedas nos últimos quilómetros, já dentro da cidade de Barcelona. As principais figuras conseguiram escapar aos acidentes, mantendo-se as classificaçoes dos 5 primeiros inalteradas. No entanto, no que respeita ao resto da geral individual, muitas foram as mexidas já que houve mesmo corredores a chegar 15 minutos depois do vencedor.

Para os portugueses isto quer dizer que Sérgio Paulinho encontra-se agora em em 29º lugar a 3 minutos e 11 segundos e Rui Costa deu um trambolhão para 118º e está agora a 8:23 minutos.

Quanto a abandonos, há a registar o segundo do Tour, depois de Jurgen Van de Walle da Quick Step na 3ª etapa, foi agora a vez de Robert Gesink da Rabobank.

A amarela continua com Cancellara e Armstrong continua com os 22 centésimos de diferença. Amanhã a maior etapa do Tour vai ligar Barcelona a Andorra Arcalis em 224 km.

publicado por Raki às 21:39
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Lance de Volta

A Volta a França voltou!

Já começou no dia 4, mas agora é que as coisas se começam a complicar, com uma diferença de um minuto entre o primeiro e o décimo. Primeiro....que não é um, são dois! Fabian Cancellara manteve a camisola amarela que já envergava, mas agora tem Lance Armstrong a ZERO segundos, mas em segundo! Ou seja, no contra-relógio por equipas de hoje em Montpellier, ganho pela Astana de Armstrong, o americano não conseguiu garantir a amarela, igualando Cancellara na Geral Individual, e aqui igualar é mesmo literal. Assim, lá estão os dois com 10:38:07, mas é Cancellara que amanhã vai partir de Le Cap D'Agde com a Amarela para mais uma etapa.

Com a grande prestação da Astana nesta etapa, são 5 os corredores da equipa que seguem destacados nos 10 primeiros. Armstrong num "virtual" segundo lugar, Contador a 19 segundos e Klöden a 23. Leipheimer em 5ºlugar e Aguirre em 7º.

Destaque especial para o 11º lugar de Sérgio Paulinho, o português que integra esta equipa de estrelas que conta, também, com Rui Costa que se posiciona em 42º a 00:03:06.

Ainda não cegámos às etapas complicadas da montanha, mas o calor não tem dado tréguas. Armstrong continua o grande desportista que sempre foi, mesmo depois do interregno de 3 anos. Não espero vê-lo a ganhar o Tour, mas gostava. Porém, não são esses os objectivos definidos e a equipa está carregada de grandes nomes do ciclismo. Espero vê-lo a conquistar a amarela já na próxima etapa. Se não ganhar o Tour...fica a alegria de o voltar a ver correr e a nova ânsia de acompanhar mais um espectacuar Tour de France.

 

 

publicado por Raki às 21:52
link do post | comentar | favorito

.Mais sobre Mim

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.pesquisar

 

.posts recentes

. Tour chegou a Paris

. A Sombra do Doping

. Contador a um passo da Vi...

. Não é só o Eiró

. Há sempre uma razão

. E ao 7º dia...a amarela d...

. E o Tour chega a Espanha

. Lance de Volta

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.links

.tags

. todas as tags

RSS